Com quase 20 milhões em caixa, prefeito Raimundo da Audiolar por “birra” se recusou a pagar funcionários do município.

Com quase 20 milhões em caixa, prefeito Raimundo da Audiolar por “birra” se recusou a pagar funcionários do município.

A gestão Raimundo da Audiolar parece que não entendeu ainda o que é uma administração pública. Cercado por “ingestores” e “ingerentes”, o prefeito passou 56 dias de sua gestão, recusando pagar os salários dos servidores públicos da saúde, educação e contratados.

A “Birra” do prefeito foi comprovada após apurarmos que nos meses de janeiro e fevereiro entraram nos cofres do município de Presidente Dutra, cerca de 20.000.000,00 ( vinte milhões de reais).

Com essa “dinheirama” toda daria para pagar todas as folhas de forma integral e em dia.

Nos dois meses em que os recursos entravam nas contas o que mais se ouvia da administração era que não tinha dinheiro. Entrevistas, pedido de parcelamento de pagamento e tentativas de denegrir a antiga gestão, eram os principais fundamentos usados para tentar enganar a opinião pública.

Recentemente uma decisão judicial deu um prazo de 48 horas para o município apresentar uma tabela de pagamento aos servidores, curiosamente após a decisão os servidores da saúde foram informados que o pagamento estaria em conta.

O quê mais preocupa e que mesmo com toda esse montante, não se ver obra alguma no município. As ações do novo governo se resumem a pintura de meio fios, limpeza do canal do riachinho e limpeza pública, tudo isso sem licitação.

A pergunta que fica, cadê o dinheiro prefeito?

Confira as tabelas que comprovam a entrada dos recursos em janeiro e fevereiro no município de Presidente Dutra.

 

Fonte: Blog do Wilque Gomes.

1 Comentário

  1. E eu qyero meu pagamento do mes de Dezembro. Acho um absudo o descaso com que era contratados. Fizmos nosso trabalho com a mwsma rwsponsabilidade doa outros.

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*