Dom Pedro fica no escuro e tem noite de terror na mão dos ladrões.

 

Em Dom Pedro o Problema de iluminação Pública vem assombrando e trazendo transtornos à População da Cidade, pois há mais de 12 dias a sede do município está no escuro, em especial as ruas principais e de maior fluxo de pessoas.

Com isso acontecendo, quem se beneficia são os meliantes da cidade que aproveitam para cometer crimes de furtos, roubos e até tentativa de latrocínio do município. A responsabilidade da iluminação publica é da Prefeitura da gestão Galego Mota, onde tem uma empresa especifica, com nome fantasia de “Construtora Costa R”, que causa estranheza, pois a mesma é construtora, coisa que não faz sentindo com postes, fios de condução de energia, geradores e etc.

Na noite de ontem (18), um motociclista não identificado foi baleado após um assalto ocorrido no povoado Centro do Primo, próximo a Dom Pedro.

De acordo com informações da polícia, o motociclista trafegava pela MA 256, quando foi abordado por dois homens também em uma moto. Ao perceber que se tratava de uma assalto a vítima fugiu, sendo atingido por disparos de arma de fogo.

Baleado a vítima caiu e a moto foi levada pelos criminosos. Após o ocorrido a polícia foi acionada e encontrou a dupla em Dom Pedro, que empreenderam fuga. Poucos minutos depois da situação, a viatura da Força Tática, iniciaram uma perseguição, quando um dos indivíduos caiu da moto, pulou uma ponte e entrou em área de matagal.

Os policiais, recuperam a moto roubada e continuam o diligenciamento em busca dos suspeitos. A vítima foi encaminhada ao Macro Regional de Presidente Dutra, O Socorrão.

Também teve tiroteio em alguns pontos da cidade, prisões e roubos em alguns pontos da cidade, na noite de ontem (18).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Segundo informações, a iluminação só normalizará no mês de março, populares, como Thiago Palhares, está fazendo o que pode para ajudar a população, pois com está não pode continuar, pois quem só tem a perder é a população do Município.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*