Prefeito Raimundinho da Audiolar usa redes sociais para atacar deputado Ciro Neto.

 

Prefeito Raimundinho da Audiolar usa redes sociais para atacar deputado Ciro Neto

O prefeito de Presidente Dutra, Raimundinho da Audiolar, vem fazendo uma administração desastrosa, com constantes do reclamações pelas ruas e redes sociais e tem se tornado comum as saídas de aliados importantes por se decepcionarem com a arrogância e a desastrosa forma de administrar.

Em um ano de ´desgestão´ que foi marcada por falta de licitações para execução de obras, perseguições dos funcionários e o não pagamento de direitos adquiridos, o não cumprimento de compromissos, postos de saúde fechados, denúncias de cobrança em dinheiro para se fazer exames no hospital municipal, perda de várias vidas de parturientes sem nenhuma explicação enquanto secretários e vereadores aliados aparecem em redes socias festejando e oferecendo emprego em troca de apoio, ausência de ações de combate ao covid que foi evidenciado no primeiro ato da gestão com o fechamento do centro de combate ao covid e como presente de natal o aumento da tarifa de iluminação pública.

Entramos em contato com o deputado Ciro Neto para saber sobre o comentário na postagem e ele disse que “fico triste que em um momento de confraternização e de votos de um ano novo de muita saúde e paz, uma pessoa que se diz gestor de uma cidade esteja movido possivelmente por ódio, desespero e álcool. Fazer um comentário deste tipo, o fato em relação ao restante dos funcionários que não receberem os salários, no mesmo mês ainda, foi explicado diversas vezes, tanto que a juíza proferiu liminar mandando que ele fizesse o pagamento. Continuaremos trabalhando pelo povo da nossa terra e fiscalizando junto com os vereadores que querem o bem da cidade. Não serei intimidado por ataques desesperados e continuo disponível para debater sobre gestão pública a qualquer momento que for solicitado.”

Siga-nos no Integram


Acompanhe o Blog do Nelsinho Paz também pelo Facebook, YouTube e pelo Instagram.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*