Prefeitura de Pedreiras avalia prédios que poderão abrigar famílias atingidas pelas cheias do Rio Mearim.

 

A prefeita Vanessa Maia, uma equipe de secretários e a Defesa Civil Municipal, visitaram na manhã deste sábado, 20, alguns prédios que poderão servir para abrigar as famílias que são atingidas pelas cheias do Rio Mearim, caso haja enchente.

Durante apresentação do Plano de Contingência no início da semana, a chefe do Executivo adiantou que não pretende usar as escolas municipais como abrigo, por isso, outros prédios estão sendo avaliados.

“Estamos mapeando todos os prédios que estão contemplados no Plano de Contingência para identificarmos o que de mais urgente precisa ser feito para receber essas famílias e proporcionar segurança para todos”, diz Vanessa.

Pontos como espaço disponibilizado, infraestrutura, abastecimento de água, são os principais pontos avaliados, para propiciar o mínimo de conforto as famílias, afirmou o coordenador da Defesa Civil, Raí Brito, que vem fazendo o trabalho diário de acompanhamento do nível do Rio Mearim.

Hoje, o Rio está com 4.55m, um aumento de 55 cm com relação aos números dessa sexta-feira,19, que era de 4.00m. O protocolo do Plano de Contingência é ativado quando o Rio atinge 5.00m.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*