Professoras vem sofrendo assedio sexual em Pedreiras através de aulas online.

Na escola Herschel Carvalho, dois tipos de assédios estão atrapalhando as aulas online. O moral, que tenta intimidar a vítima e o assédio sexual, que está causando constrangimentos às professoras.

Segundo informações, um ex-aluno, já identificado, que atualmente cursa o EJA, seria o autor. Em relato as professoras dão conta que, o suspeito emite no momento das aulas, áudio sexual, filmes pornográficos e ainda chamam as educadoras de vagabundas, putas e outros palavrões.

Ao entrar em contato com a Secretária de Educação, professora Amparo, mas não foi tido resposta. Já com a Prefeita de Pedreiras, Vanessa Maia foi dado a resposta de que já havia tomado conhecimento da situação e, que já estaria providenciando resolver o problema, inclusive, tentando mudar o suporte das aulas para um canal com segurança, como, por exemplo, possivelmente instalar o mesmo que é usado pela FAESF e Colégio São Francisco.

“A SEMED que hoje está sendo uma secretaria de educação diferenciada, porque não está sendo uma secretaria de gabinete, pelo contrário, é uma secretaria de campo, ela está indo onde há necessidade, se necessário for, nós vamos sim disponibilizar uma equipe multidisciplinar pra atender e ouvir esses professores, pois tenho certeza que foi uma situação muita chata, muito difícil, mas estamos aqui à disposição dessas professoras e, com certeza, a SEMED já está tomando todas as providências em relação a esse fato.” Disse a Prefeita.

A Secretária da Mulher, Gessyca Saturnino, informou que iria em busca de mais informações sobre o caso, junto às professoras que estão sofrendo e temendo continuar com as aulas. “Iremos sim, tomar todas as medidas cabíveis, para resolver esse problema.”

 

Com informações do Blog do Sandro Vagner.

1 Comentário

  1. Deve! Ser tomada as providencias porque esses; tipos de essere assim devemos chama..n sabe o que é respeito e moral deveria ser informando os pais desse safado isso é uma falta de respeito muito grande quem sabe se ele n faz a mesma coisa com ele tem contatos

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*