São Roberto-Ma: enquanto moradores da zona rural clamam por ajuda, Prefeitura faz obra que não tem obrigação.

 

As estradas que estão Esburacadas e sem manutenção, todos os dias, a vida de quem passa por estes locais fica em risco, já que são importantes elos entre o município e conforme o lugar, o único caminho para chegar a cidade.

Em geral, a responsabilidade pela manutenção destas vicinais é das prefeituras das cidades ligadas por elas.

Na estrada Chico Alvino, está em péssimas condições de tráfego, por isso os  moradores do Povoado Chico Alvino,  área rural do município de São Roberto-MA, estão gritando por socorro às autoridades públicas. Além da distância percorrido por estrada de terra, sitiantes e produtores são obrigados a enfrentar atoleiro, muita lama decorrentes da erosão das fortes chuvas dessa época do ano. A estrada vicinal que liga o povoado a cede do município virou um lamaçal.

A exemplo a estrada vicinal do Povoado Chico Alvino, que está só lama, dificultando a trafegabilidade dos moradores daquela região. A única solução é gritar por socorro a prefeitura municipal.

Além do perigo de queda, motociclistas correm risco de se envolver em acidentes, os carros que tentam passar ficam atolados no lamaçal.

 

 

 

 

 

 

A indignação por parte de moradores que reclamam do recente serviço realizado pela secretaria de obras, ao invés de ajudar piorou. As estradas vicinais constituem-se em importante componente da infraestrutura rodoviária para prover um fluxo regular de moradores da zona rural, pois é através delas que os trabalhadores e trabalhadoras rurais escoam toda a sua produção, além disso, uma péssima estrada como está a do povoado Chico Alvino, coloca em risco até a saúde dos moradores que possivelmente precisar ir ao hospital para obter tratamento médico.

Infelizmente a estrada é pura lama, dificultando a nossa vida no campo, se precisarmos escoar a nossa produção ou até mesmo precisamos ir a cidade para comprar algum medicamento, teremos muitas dificuldades, estamos quase isolados, disse um morador.

Por outro lado a Prefeitura e a secretaria de Infraestrutura, faz obra que não é sua obrigação. Uma erosão que cortou parcialmente a MA-012, próximo ao matadouro da cidade.

A passagem encontrasse interditada e atrapalhando o fluxo de veículos que precisem passar pelo local indo ou voltando sentido esperantinopoles Barra do Corda.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

siga-nos no Instagram

 


Acompanhe o Blog do Nelsinho Paz também pelo Facebook, YouTube e pelo Instagram.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*