Vereadora Katyane Leite comenta sobre possível perseguição na Câmara de Vereadores de Pedreiras

Em Pedreiras a Vereadora Katyane Leite concedeu uma entrevista no programa Acontece Mearim na última quarta-feira (05).

Em oportunidade Katyane repudia o impedimento da sua participação na sessão ordinária e completa comentando sobre isso ser uma perseguição já que a mesma não é subserviente ao Governo Municipal.

A mesma também fala sobre sua indicação 257/2021 à câmara que se trata de um auxílio para a classe de artista da cidade, que foi protocolada e inserida na sessão ordinária remota.

Ainda sobre o impedimento, Katyane explica que por ter sido contaminada pelo vírus do Covid-19 recebeu a orientação médica de se manter afastada e por isso não pôde comparecer de forma presencial na sessão e solicitou um link para entrar de forma remota.

 

Após a solicitação foi informada pela presidente da Câmara que não seria possível pois a empresa responsável não teria conseguido conceder o que havia sido pedido.

Em declaração a Vereadora mostra que a empresa recebe mais de 17 mil reais, um valor considerável para no fim não atender as necessidades exigidas.

Em considerações finais, fica a idéia de que a mesma está sofrendo por se opor aos demais e não concordar com tudo que vem como ordem.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*